Entenda a universalização do saneamento no MS pela SANESUL
  • +55 (67) 3321-2898
  •   Agendar demonstração
  •   Solicitar orçamento

Postado em: 30/08/2021

Tempo de leitura: 3 minutos

A universalização do saneamento no MS é uma realidade no estado. Cerca de 99% da população das 128 localidades atendidas pela SANESUL possuem acesso à água potável de qualidade nos últimos 10 anos. Em 2020 com a aprovação do Marco do saneamento, uma das metas principais é a universalização do serviço.

Confira a seguir matéria do Portal Saneamento Básico e saiba mais!

Entenda a universalização do saneamento no MS

Entenda o que significa a universalização do saneamento no MS

Em julho de 2020 foi sancionado o novo Marco do Saneamento Básico no Brasil com a lei de nº 14.026, que tem como meta garantir água potável para 99% da população brasileira e 90% ao tratamento e coleta de esgoto até 2033.

No Mato Grosso do Sul, a Sanesul opera em 68 dos 79 municípios do Estado.

No Mato Grosso do Sul, a Sanesul opera em 68 dos 79 municípios do Estado. Os municípios atendidos se encontram com o sistema de água já universalizado devido a todos os investimentos realizados pela Empresa de Saneamento e governo do estado do Mato Grosso do Sul, ou seja, pelo menos 99% da população das cidades e distritos têm acesso à água potável de qualidade nos últimos 10 anos.

E de onde sai toda essa água?

A Sanesul opera com a captação superficial em alguns municípios, onde a coleta se dá por meio de bombas hídricas em rios e bacias que levam a água para uma ETA- Estação de Tratamento de Água para o tratamento dela. Como também, a Sanesul executa o método de captação subterrânea da água por meio de poços que chegam aos lençóis freáticos. Nesses casos, o tratamento da água é realizado nos abrigos de cloração.

Após a captação e tratamento, a água segue para os reservatórios da Sanesul que têm como função reservar e distribuir toda essa água para a população. Os reservatórios têm seus diferentes formatos, tamanhos e materiais, a escolha deles varia de acordo com a necessidade e localização geológica e geográfica do município. Você pode encontrar mis informações nas nossas matérias sobre os tipos de reservatórios Sanesul.

O desafio da crise hídrica

Pelo baixo volume de chuvas desde 2020 e, consequentemente, pela baixa umidade do ar e calor intenso, Mato Grosso do Sul sofre a pior estiagem pelo segundo ano consecutivo em 111 anos. Segundo a Organização Mundial da Saúde, a umidade relativa do ar ideal para a saúde oscila de 60% a 80%.

A crise se dá pela escassez de chuvas que causa a diminuição dos níveis hidrográficos de onde é feita a captação da água tanto nos rios e bacias, e afeta a produção natural dos poços. Por esta razão há necessidade do uso responsável de água por toda a população.

Historicamente, os tempos de seca acontecem com mais intensidade nos meses de agosto e setembro. Em 2021, foi emitido um alerta de emergência para a estiagem pela ANA- Agência Nacional de Água e Saneamento Básico para o Mato Grosso do Sul e mais 4 estados banhados pela bacia do Rio Paraná.

Além dos investimentos já aplicados no estado, a Sanesul e o Governo do Estado do Mato Grosso do Sul estão presentes em constante trabalho para mais benefícios, para evitar o racionamento de água que já é realidade em outros estados. Para isso, nós contamos com a ajuda de toda a população para que façam o uso da água de forma consciente e que possamos passar por mais um desafio juntos.

Fonte: A Crítica.

Em sua cidade possui todos os serviços de saneamento básico? Qual a sua opinião sobre a universalização do saneamento no MS? Comente em nossas redes sociais ou fale com um especialista, nós temos soluções perfeitas para você! 

Dúvidas? Fale com um Especialista!

Temos um time de especialistas pronto para tirar suas dúvidas e
encontrar a solução ideal para a sua empresa.

Fale com um especialista
Grátis e sem compromisso