A trajetória da EOS pelo MEG e as melhores práticas de gestão
Tempo de leitura: 6 minutos

Hoje te contamos as melhores práticas de gestão implantadas durante nossa trajetória pelo Modelo de Excelência da Gestão (MEG). Confira!

Vamos falar sobre:

  • O início da jornada de excelência
  • Primeiros passos para a excelência
  • Compromisso com a excelência
    • As melhores práticas na EOS
    • A premiação no compromisso com a excelência

Quando falamos da EOS e do Modelo de Excelência da Gestão (MEG) na mesma frase, pode ter certeza que tem algo a ver com melhores práticas.

O caminho até aqui foi longo, mas o aprendizado e os resultados valem muito a pena.

Afinal, as empresas em seus diversos sistemas buscam entregar os melhores resultados e, para isso, necessitam de uma gestão empenhada em melhorias.

Na EOS, o MEG foi adotado como uma ferramenta para guiar a organização à melhorias e adaptações. O modelo adotado possui referências de nível internacional.

Para saber quais os critérios que Fundação Nacional da Qualidade usa para avaliar e enquadrar as empresas no MEG basta clicar aqui.

Em suma, o modelo preserva o que há de melhores práticas e desenvolve isso com o objetivo de garantir resultados palpáveis. Alguns exemplos de temáticas são competitividade, sustentabilidade, ética e inovação.

Algo interessante sobre o MEG é que justamente podemos aplicá-lo aos mais diversos tipos e tamanhos de organizações.

O início da Jornada de Excelência

A caminhada da EOS se inicia no último trimestre de 2016 com a adoção da metodologia MEGPlan®.

Esse programa serve para colocar em prática as ações do MEG de forma participativa e educativa. A metodologia considera sempre o nível de maturidade da gestão em análise.

Sua implantação na EOS aconteceu em meio a uma parceria entre o MS competitivo e o Instituto Paulista para Excelência em Gestão (IPEG).

Foto colaboradores EOS 2016

Foto dos Colaboradores EOS envolvidos no MEG, ano 2016

Ao utilizar o modelo, a organização passou por um diagnóstico interativo que permitiu ajustes na gestão. Algo importante no processo foi o aprendizado organizacional adquirido durante a experiência.

Colocando em prática o que o modelo orienta, a EOS pôde aperfeiçoar seus processos com uma visão sistêmica, no qual a participação de líderes e colaboradores foi essencial.

Uma das tarefas foi, e tem sido, consolidar a cultura da excelência, através de conceitos que também são adotados por empresas a nível internacional.

Vale dizer que em todo momento as melhorias contínuas tiveram base nos fundamentos do MEG e o empenho da organização foi norteado pela entrega de resultados a todos os stakeholders.

Primeiros passos para a excelência

Muitas ações foram implantadas e revisadas para se adequar aos critérios propostos pelo MEG.

Umas das práticas implantadas foi o Plano de Reconhecimento EOS.  O plano se iniciou em 31 de março de 2017 em nossas confraternizações mensais.

O objetivo do plano é reconhecer nossos colaboradores perante seus colegas de trabalho por ações extraordinárias.

Quem é reconhecido ganha uma recompensa, estrela na assinatura de e-mail e um espaço em nosso mural e mídias sociais.

O plano divide o reconhecimento por categorias, bronze, prata e ouro, que variam conforme o grau de contribuição. É levado em consideração a ajuda aos colegas, a complexidade da resolução e o quanto o problema demonstrado era crítico.

Após essa e muitas outras iniciativas, já em 2017, a empresa passou pelo crivo de técnicos do MS Competitivo para aferir de fato sua autoanálise.

Na ocasião, desejava-se atingir o Nível I do MEG, o chamado Primeiros Passos para a Excelência, devendo totalizar 125 pontos.

No total foram 5 ações principais congruentes à avaliação: atualizar o mapa de perfil EOS, validar indicadores, alinhar a liderança com os conceitos e fatores, auto avaliar-se com a Oficina de Gestão e criar um resumo de execução das melhorias.

Após as avaliações, o aperfeiçoamento dos processos de gestão com a participação efetiva de lideranças e colaboradores nos levaram ao reconhecimento dos Primeiros Passos para a Excelência do MEG durante o Prêmio Qualidade da Gestão (PQG/ MS 2017).

Neste evento promovido pelo MS Competitivo, a EOS recebeu a premiação.

Foto diretores EOS 2017

Foto dos diretores da EOS na premiação dos Primeiros passos para a excelência, ano 2017

Compromisso com a excelência

A gestão de excelência exige o aperfeiçoamento das práticas internas como em um ciclo PDCA, condicionado a melhorias contínuas.

Por isso, demos um passo em direção a um novo ciclo e embarcamos para o Nível II do MEG na categoria Compromisso com a Excelência de 250 pontos.

Foi criado o Comitê de Qualidade EOS a fim de renovar a equipe do ciclo 2017, dar continuidade aos projetos e cuidar do novo ciclo de avaliação.

O Comitê se reuniu ao longo de todo o ano de 2018 e por mais de dois meses se dedicaram ao preenchimento do Relatório Gerencial do PQG 2018 com base nos critérios da excelência.

No mês de março participamos da capacitação das candidatas ao prêmio disponibilizado pelo MS Competitivo. E em maio, disponibilizamos três colaboradores para atuarem como avaliadores do prêmio sendo treinados pelo Professor e Diretor Técnico do Instituto Paulista de Qualidade da Gestão (IPEG), Carlos Schauff.

Durante o ano, nossos processos de gestão foram aprimorados e novas práticas surgiram. Quer conhecer algumas?

As melhores práticas na EOS

Assim como todo bom projeto, as coisas só funcionam se colocar a mão na massa. E aqui na EOS não foi diferente!

Dentre nossas melhores práticas podemos citar o Status Report. Essa ferramenta,  como o nome induz, solicita aos gestores de cada departamento um demonstrativo das atividades e resultados realizados semanalmente. A forma de divulgação pode ser tanto interna quanto externa, isto é, a informação chega tanto na alta diretoria quanto nos clientes.

Para um melhor controle das demandas e acompanhamento dos projetos, implantamos o software Jira. A ferramenta foi aplicada para mapeamento do fluxo de processos, alimentação diária das atividades e acompanhamento pelos gestores.

Game Over EOS utilizado como melhoria

Outra prática é o indicador Game Over. Ele funciona como um painel diário e contabiliza os dias sem reclamações dos clientes. Seu objetivo é observar o quanto o atendimento consegue prevenir e conter problemas antes que eles gerem prejuízos aos nossos clientes. Quando alguma pendência crítica chega através de reclamações diretas à diretoria, o painel é zerado.

A premiação no compromisso com a excelência

Em agosto, os avaliadores do MS Competitivo analisaram nosso Relatório Gerencial para o PQG 2018 e fizeram uma visita de dois dias na sede da EOS para validação das práticas aplicadas.

Após dois meses de espera, o resultado chegou e recebemos a boa notícia de que somos medalha de bronze no Nível II do MEG, o compromisso com a excelência.

A avaliação realizada pelo MS Competitivo nos gera um relatório de pontos fortes e oportunidades de melhoria da EOS. Esse diagnóstico nos permite refletir sobre a gestão como um todo e nos auxilia a dar continuidade na busca da excelência.

No dia 30 de novembro, recebemos o troféu bronze do MS Competitivo em cerimônia de reconhecimento do Prêmio Qualidade da Gestão/ MS 2018.Melhores práticas e prêmio qualidade da gestão

Essa conquista representa para a EOS o resultado de melhores práticas de gestão aplicadas e o compromisso de cada um em se doar. Agradecemos a todos que contribuíram conosco até aqui e continuamos com a certeza de que podemos fazer sempre mais.

Gostou da nossa trajetória? Tem alguma curiosidade a respeito? Fale com um de nossos especialistas. Nós temos a solução perfeita para você!

Dúvidas? Fale com um Especialista!

Temos um time de especialistas pronto para tirar suas dúvidas e
encontrar a solução ideal para a sua empresa.

Fale com um especialista
Grátis e sem compromisso