Parceria internacional investe em saneamento básico em áreas rurais
  • +55 (67) 3321-2898
  •   Agendar demonstração
  •   Solicitar orçamento

Postado em: 18/02/2022

Tempo de leitura: 2 minutos

É fato que há grande dificuldade para a universalização do saneamento devido à falta de investimento e priorização de áreas com maior complexidade. Pensando nisso, Funasa, BID e Cosude firmaram parceria para promover o saneamento básico em áreas rurais no Brasil. 

Saiba mais na matéria a seguir!

saneamento básico em áreas rurais

Cooperação internacional destina US$ 875 mil para saneamento básico em áreas rurais no Brasil

Parceria da Funasa com BID e Cosude vai promover ações e serviços de saneamento básico sustentáveis nas localidades

Uma parceria internacional da Fundação Nacional de Saúde (Funasa) vai promover ações e serviços de saneamento sustentáveis em áreas rurais e comunidades tradicionais no Brasil. Com o investimento de US$ 875 mil do Banco Interamericano de Desenvolvimento e da Agência Suíça para o Desenvolvimento e Cooperação (Cosude), a Fundação firmou um Acordo de Cooperação Técnica (ACT) nesta segunda-feira (14), no Ministério da Saúde, em Brasília (DF). O objetivo é impulsionar a implantação do Programa Saneamento Brasil Rural (PSBR).

“Esse ato vai melhorar as condições de vida do povo brasileiro e contribuir para o seu desenvolvimento, levando água de qualidade”, destacou o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga.

Dados do PSBR apontam que o abastecimento de água e esgotamento sanitário nas zonas rurais do Brasil chegam para 40% e 20,6% dos moradores, respectivamente. O levantamento aponta ainda que 31% das residências dispõem de acesso a água diariamente. A iniciativa prevê o desenvolvimento tecnológico de soluções de saneamento básico, capacitações, intercâmbio de experiências com modelos de outras países da América Latina e o fortalecimento da gestão articulada de entes governamentais das esferas federal, estadual, municipal e das comunidades.

A cooperação tem duração de 36 meses e vai financiar atividades que promovam serviços de saneamento mais adequados, seguros, inclusivos e acessíveis. Do montante total, US$ 525 mil são oriundos da Agência Suíça para o Cosude e US$ 350 mil do BID.

O presidente da Funasa, Miguel Marques, ressaltou a relevância dessa cooperação.

“É um investimento importante para pessoas que, até então, viviam escravizadas por carros-pipa e que não tinham acesso a   os serviços. […] Este aporte de recursos possibilitará à Funasa continuar fomentando o saneamento pelo Brasil, em especial, as ações em áreas rurais. Quero agradecer à Cosude, ao BID e ao Ministério da Saúde, na pessoa do ministro Queiroga, que tem nos permitido desburocratizar a gestão pública para que tenhamos condições de atender mais pessoas porque quem tem sede, tem pressa”, disse.

Para Queiroga, a medida é mais uma ação do Governo Federal que beneficia quem mais precisa no país.

“Água é vida e é saúde. Com a entrega de água tratada, conseguimos diminuir a proliferação de diversos tipos de doenças. Esse é o compromisso do Estado brasileiro, com a dignidade das pessoas em cada canto do país”, afirmou.

Sobre a FUNASA
A Fundação Nacional de Saúde (Funasa) é uma fundação pública federal, vinculada ao Ministério da Saúde. Integrante do Sistema Único de Saúde, tem como missão promover a saúde pública e a inclusão social por meio de ações de saneamento e saúde ambiental, contribuindo para as metas de universalização do saneamento no Brasil.

Fonte: Ministério da Saúde

O que achou do nosso artigo? Se houver dúvidas ou questionamentos, fale com um de nossos especialistas. Nós temos a solução perfeita para você!

Dúvidas? Fale com um Especialista!

Temos um time de especialistas pronto para tirar suas dúvidas e
encontrar a solução ideal para a sua empresa.

Fale com um especialista
Grátis e sem compromisso