Investimentos: MDR aprova R$ 38 milhões para obras de saneamento
  • +55 (67) 3321-2898
  •   Agendar demonstração
  •   Solicitar orçamento

Postado em: 22/07/2021

Tempo de leitura: 2 minutos

Conforme o Marco Legal do Saneamento, para a universalização do serviço serão necessários cerca de R$ 70 bilhões por ano. Com isso, em 2020 o MDR somou quase R$ 60 bi em investimentos para o setor.

Vamos descobrir quais os estados escolhidos para dar continuidade às suas obras?  O Portal Saneamento Básico nos mostra em sua matéria quais são eles. 

Continue conosco e descubra!

Investimentos - MDR aprova R$ 38 milhões para obras de saneamento.

Saneamento: governo investe R$ 38 milhões em obra

A meta é, de acordo com o governo, garantir que, até 2033, 99% da população brasileira tenha acesso à água potável e 90% ao tratamento e à coleta de esgoto.

O Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) autorizou, nesta semana, a liberação de R$ 38,4 milhões para a continuidade de obras de saneamento básico no Distrito Federal e em 13 estados do país. A Bahia irá receber o maior recurso, no valor de R$ 10,5 milhões.  Além da Bahia, também serão beneficiados: Piauí, Ceará, Goiás, Minas Gerais, Mato Grosso, Pará, Paraíba, Paraná, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo.

Segundo o MDR, em 2021, já foram investidos mais de R$ 243,6 milhões para garantir a continuidade de empreendimentos de saneamento básico pelo país. A expansão dos investimentos no setor é um dos objetivos do novo Marco Legal do Saneamento, aprovado em 2020.

Segundo o governo federal a meta é garantir que, até 2033, 99% da população brasileira tenha acesso à água potável e 90% ao tratamento e à coleta de esgoto.

Saneamento: Investimentos e projetos

De acordo com o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, a capacidade de investimento do governo federal, dos estados e municípios, com recursos próprios ou provenientes de financiamentos, chega a R$ 7 bilhões por ano. No entanto, a necessidade do Brasil é dez vezes maior. É necessário, de acordo com o ministro, investir cerca de R$ 70 bilhões, anualmente, para ofertar serviços de saneamento de maneira universal até 2033.

Desde a sanção do Marco, segundo o governo, foram realizados quatro leilões para concessão de serviços de saneamento: em Alagoas, Espírito Santo, Mato Grosso do Sul e Rio de Janeiro, sendo o último com maior volume de investimento privado (R$ 29,7 bilhões). Todos eles contemplam sistemas de esgotamento sanitário.

“Em 2020 tivemos vários casos de sucesso. Somamos quase R$ 60 bilhões em investimentos. As concessões beneficiarão mais de 15,5 milhões de brasileiros com água e esgoto tratado”, afirmou o secretário Nacional de Saneamento, Pedro Maranhão.

Fonte: O Brasilianista

Os investimentos estão cada vez maiores para o saneamento básico. A necessidade da universalização é algo a ser pensada para ser resolvida da melhor maneira possível. Quer conhecer nossos produtos? Fale com um especialista, nós temos soluções perfeitas para você!

Dúvidas? Fale com um Especialista!

Temos um time de especialistas pronto para tirar suas dúvidas e
encontrar a solução ideal para a sua empresa.

Fale com um especialista
Grátis e sem compromisso