Esgotamento sanitário é um dos diferenciais de uma cidade turística
  • +55 (67) 3321-2898
  •   Agendar demonstração
  •   Solicitar orçamento
Tempo de leitura: 3 minutos

Nosso post de hoje é uma matéria especial disponibilizada pelo Instituto Trata Brasil. Ela mostra como o esgotamento sanitário está relacionado com o turismo de uma cidade. Ficou curioso? Venha conferir. 

Morro do careca, Forte dos Reis Magos, rio Potengi. Os principais cartões postais do Rio Grande do Norte chamam a atenção de pessoas que vêm de todas as partes do Brasil e do mundo, para passear ou aproveitar as férias.

Segundo dados da Secretaria Estadual de Turismo (Setur), são registados aproximadamente 2 milhões de visitantes por ano no RN.

Natal, por exemplo, é uma das cidades mais procuradas no período de férias, tendo a atividade turística como responsável por grande parte do lucro arrecadado pelo Estado, movimentando um grande mercado.

Isso se deve, especialmente, ao seu clima tropical e às imponentes paisagens naturais da cidade. A capital potiguar tem como grande atrativo o sol e boas praias urbanas.

Mas todo o potencial que o Rio Grande do Norte exibe como destino turístico não se deve somente às paisagens naturais.

O fator saneamento básico também influi bastante na preferência dos visitantes. Esse serviço, que é essencial, garante que tenhamos praias com boa balneabilidade e, também, que a poluição não cause transtornos para a população e aos que nos visitam.

Maria Josefina e Julio César são uruguaios, naturais de Montevidéu. Eles chegaram à capital potiguar com o propósito de comemorar o aniversário de 60 anos dela. Cautelosos, Maria Josefina conta que, antes de confirmarem a viagem, não pesquisaram somente questões relacionadas a preços e hospedagem. “Nós entramos em sites da internet e pesquisamos, também, sobre o saneamento da cidade. Estamos gostando muito…Tudo muito lindo, limpo”, afirma.

A relação entre saneamento básico e turismo é indissociável. Isso se reflete, principalmente, na receita de um Estado ou cidade. Segundo o estudo “Benefícios da Expansão do Saneamento Brasileiro”, feito pelo InstitutoTrata Brasil, o Rio Grande do Norte poderia arrecadar, pelo menos, R$ 199,35 bilhões com a ampliação do sistema de esgotamento, gerando mais de 18.300 oportunidades de emprego na área do turismo.

“Não se faz turismo sem um destino limpo. E o saneamento básico é um dos pilares para qualquer destino turístico do mundo. É uma ação essencial de benefício direto à comunidade e primordial para o desenvolvimento do setor do turismo, sobretudo em nosso Estado, vocacionado para esta atividade”, ressalta o Secretário Estadual de Turismo do Estado, Ruy Gaspar.

Esgotamento sanitário é o diferencial de Natal no RN

Foto: Canindé Soares/cedida Potengi Tur

As obras de saneamento básico realizadas pelo Governo do Estado, através da Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern), têm como meta tornar Natal a primeira capital do país 100% saneada. Até o momento, 80% de toda a rede já foi instalada pela Companhia.

Para o secretário Ruy Gaspar, a obra trará benefícios para toda a capital. “As quatro zonas da cidade estarão mais valorizadas. Em todas elas há pontos turísticos, mais ou menos badalados. E a população ganha qualidade de vida, atende melhor o turista e todos saem ganhando”, conclui.

O rio Potengi, também, um dos maiores beneficiados com a obra de esgotamento sanitário, ganhará mais destaque como ponto turístico na capital.

Hoje, existe um passeio de catamarã no local, que de terça a domingo, pela manhã e ao pôr do sol, leva turista para conhecer as potencialidades do Potengi.

“Essa é a principal reserva natural da cidade e é extremamente importante que as suas águas estejam sendo limpas. Há cinco anos trabalhamos no rio e já temos percebido uma evolução com relação à limpeza. Já está mais comum, em nossos passeios, os turistas observarem golfinhos e essa população tem crescido; esse aumento, eu atribuo a preocupação com a limpeza do Potengi. Observo o esgotamento como uma atividade fundamental. Depois da ETE do Baldo já melhorou consideravelmente e a perspectiva com os 100% saneamento é que tenhamos um rio ainda mais limpo”, afirma João Maria Medeiros, administrador do passeio Potengi Tur.

O post Esgotamento sanitário é um dos diferenciais de uma cidade turística apareceu primeiro em Guamare News.

Fonte: Instituto Trata Brasil

Em caso de dúvidas ou sugestões, fale com um de nossos especialistas. A EOS tem a solução perfeita para você.

Dúvidas? Fale com um Especialista!

Temos um time de especialistas pronto para tirar suas dúvidas e
encontrar a solução ideal para a sua empresa.

Fale com um especialista
Grátis e sem compromisso